Publicidade

jornalismo

Com 1h30 de duração, “Jornal Nacional” faz homenagem histórica às vítimas da tragédia da Chapecoense

on

cyd-s1dxeaahshkEm edição história e especial com 1h30 de duração, o “Jornal Nacional” realizou toda a cobertura da tragédia da Chapecoense na Colômbia, e prestou homenagem às vítimas do acidente, nesta terça-feira (29).

No ar das 20h30 às 22h, o telejornal mostrou detalhes do acidente, a comoção, a repercussão, além de uma entrevista com o filho do técnico da Chapecoense, que não conseguiu embarcar no voo que vitimou o pai. Na parte final, os apresentadores Heraldo Pereira, Giuliana Morrone e Galvão Bueno, na redação do “JN” – um fato, se não inédito, raro -, homenagearam as vítimas da tragédia na Colômbia junto com todos os profissionais que trabalham nos bastidores para fazer o noticiário da Globo.

“Só nos resta uma última homenagem. Todos nós, aqui na redação do ‘Jornal Nacional’, de pé, juntos, damos uma salva de palmas”, disse Galvão no encerramento do “Jornal Nacional”, que mostrou em seguida imagens das 71 vítimas no telão, com uma salva de palmas de todos os profissionais do telejornal (confira no vídeo a seguir e nas imagens da galeria acima).

Uma das melhores e mais singelas homenagens do jornalismo brasileiro.

Veja o vídeo:


Me siga no Twitter: @sigaberaldo
Me siga no Instagram: @beraldo27
Curta a página do Portal 4 no Facebook, clique aqui
Colabore para o Portal 4 continuar com as suas atividades, saiba mais, clique aqui

Recommended for you

1 Comment

  1. Anônimo

    novembro 30, 2016 at 2:44 pm

    Foi muito emocionante.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *